terça-feira, 26 de novembro de 2013

Lábios Macios

Como ter lábios macios nos corre-corre do cotidiano? 


A melhor maneira de manter os lábios macios e suaves é escová-los toda vez que você escovar os dentes.


Depois que você fez a limpeza de seus dentes, lave a escova e certifique-se de que não há mais pasta nas cerdas, então use-as para raspar suavemente os lábios superior e inferior.

Faça isso duas vezes por dia todos os dias e você vai perceber que o seu batom e gloss se aplicarão muito mais uniformemente.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Moda em Biscoitos

O Hotel Berkeley, em Londres, muda o menu a cada seis meses para acompanhar as tendências do mundo fashion.



Biscoito trench coat da Burberry, Biscoito bota Gianvito Rossi, gelatina Empório Armani, drink Jean Paul Gaultier, bolsa Saint Laurent.
O hotel de luxo Berkeley, em Londres, mostrou que mesmo o tradicional chá da tarde inglês pode ganhar um charme a mais. Por isso, o restaurante do local oferece uma refeição especial totalmente inspirada no mundo da moda.

O cardápio transformou as tendências da passarela em biscoitos, bolos e canapés. E, para nunca sair de moda, o menu será renovado a cada seis meses, variando de acordo com a estação apresentada na passarela.
Neste momento, as tendências de outono-inverno 2013 recheiam o cardápio do chá da tarde. 
O chá é servido diariamente do início ao fim da tarde e custa £ 39 por pessoa.
Dress Code: Smart casual elegante (não é permitido o uso de shorts, coletes, roupas esportivas,  chinelos, jeans rasgados ou bonés).
Fonte: the-berkeley.co.uk

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Antídoto para constrangimento em um pote!!!

O constrangimento pode motivar as pessoas a esconder o rosto literalmente


Um estudo publicado na revista Psychological Science constatou que ao se lembrarem de situações embaraçosas as pessoas tendem a querer aplicar cremes faciais que prometem restaurar a pele .

Pessoas que se sentem constrangidas são mais propensas a querer esconder seu rosto com óculos de sol grandes e escuros e evitar o contato social, do que as pessoas que não se sentem envergonhadas.

E para lidar com o constrangimento, estas pessoas são motivadas a esconder o rosto, ou seja, são motivadas a restaurar a imagem positiva que foi arranhada pela situação embaraçosa (ou palavras, ações) utilizando simbolicamente estratégias ao escolher produtos comerciais que literalmente escondem o rosto - óculos de sol - ou repará-lo  - cosméticos restauradores.

Este conceito é mais difundido em culturas asiáticas, disseram os pesquisadores .

Fonte: Wall Street Journal: The Illusion of Saving Face: Como as pessoas simbolicamente lidam com o constrangimento

domingo, 10 de novembro de 2013

Sutiã: Mais Moda que Função

Sutiã é apenas uma peça de vestuário, um produto fashion.


Estudos revelam que sutiã não tem funcionalidade nenhuma, é apenas um acessório de moda.
Não ajuda a suportar o peso dos seios, não impede que a Lei da Gravidade atue, não evita dores nas costas, não ajuda a manter os seios mais firmes na prática de esportes.
Fontes: http://www.updateordie.com/?s=moda, http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22705551, http://www.popsci.com/science/article/2013-04/every-bra-youve-ever-encountered-has-been-complete-lie, http://www.pinterest.com/pin/217509856976558088/

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Decoração de Mesas



Desde menina sempre fui fascinada por decoração de mesas. Sempre observei detalhes que compunham uma mesa posta e tive como fonte de inspiração as próprias regras de etiqueta.
 
 

Quando ainda muito menina, com uns 10 anos de idade, cheguei na casa de uma amiguinha e estava na hora da sobremesa. Sobre a mesa impecavelmente decorada, havia um pudim enorme, branco como algodão doce e coberto por frutas vermelhas. Fiquei admirada com tanta beleza e comentei como estava lindo aquele prato. Ouvi a seguinte frase da mãe desta minha amiga: “querida, quando vamos fazer uma refeição, primeiro comemos com os olhos”. E isto me acompanhou por toda vida, reforçando o que eu já gostava que era mesas ricas em detalhes.
 

Hoje, continuo fascinada por decoração de mesas e independente de ter eventos ou visitas em casa, faz parte de meu dia a dia apreciar mesas decoradas. Busco a harmonia perfeita na combinação de louças, talheres, copos, forros e guardanapos. Digo ainda que muitas vezes confecciono os forros que idealizo assim como porta guardanapos de modelos, pedrarias e cores diferentes na preocupação da harmonização de beleza.
 
 

Acredito que o detalhe faz a diferença e busco sempre fazer esta diferença seja para um café, um chá, um jantar ou até mesmo a beira da piscina num churrasco descontraído.
 

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Marionetes


Admiro as pessoas criativas, que sabem aparecer pela ousadia a que se propõe. Pessoas que fazem o diferente e se mostram ao mundo de forma inusitada seja pelo trabalho, pelo comportamento ou mesmo no dia a dia.

Hoje falamos do estilista Fause Haten, paulistano, filho de imigrantes libaneses que ao chegarem ao Brasil fixaram residência na região da 25 de março. Menino ambicioso que cresceu trabalhando e idealizando o futuro que hoje chega com glória e aplausos!

Hoje, consagrado nos palcos da moda com suas criações que mais parecem uma brincadeira de cores e comprimentos ganha aplausos com a exposição que mostrou Shopping Morumbi, São Paulo. Exposição está que recebe o nome de “O Mundo maravilhoso de Dr. F.” e resultado de sua apresentação no SPFW deste ano.

Marionetes e miniaturas vestidas com criações do estilista foram a grande sensação dos desfiles em São Paulo. É a alta costura, apresentada em miniaturas e rica em detalhes que homenageiam ícones do mundo da moda, mostrando realmente o ser diferente e o fazer a diferença.
Tânia Franco

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Contanto pontos

Há alguns anos atrás, nós adolescentes, éramos inscritas em uma escola de boas maneiras e, claro, não escapei desta. Fui levada pela minha mãe para a Socila*. Apesar da escola ser para formação de modelos, várias meninas frequentavam para aprender postura, elegância e sofisticação.



Vivi numa época onde estes valores eram muito importantes e tínhamos que aprender para ingressarmos na sociedade. Ou seja, criança vivia no lugar de criança e quando chegava a hora de frequentar lugares de adultos, isto nos era ensinado por estas escolas especializadas em comportamento e boas maneiras.

Tínhamos aulas de etiqueta onde manipular copos e talheres com delicadeza era símbolo de boa educação. Aulas de como receber e bem conviver, automaquiagem, como se vestir, andar com leveza e elegância, portar diante de várias situações, além de subir e descer escadas, sair do carro e vários outros detalhes.

Enfim, fui preparada para ingressar na tão esperada sociedade! Isto era um sonho para toda adolescente, fazer o curso de boas maneiras e ter afinal seu baile de debutantes. Esta repaginação era o ingresso para frequentar eventos e reuniões de adultos.

Confesso que isto foi importante em minha vida! E, mesmo não precisando usar todo aprendizado adquirido frequentemente, é maravilhoso estar segura e saber se virar independentemente do ambiente ou situação. É um aprendizado para toda vida!



Hoje, saudosa me recordo claramente de como aprendi a andar de sapatos de salto. Era uma longa passarela onde desfilávamos de um lado para outro, de uma ponta a outra... Detalhe, tudo isto equilibrando um grande livro, pesado, em cima da cabeça. Era a primeira lição para andar com elegância, barriga para dentro, ombros para trás e olhos para frente!

A professora de vestuário, hoje chamada de personal stylist, tinha uma tabela de pontos que classificava as peças de roupas. Uma camisa estampada valia mais pontos do que uma camisa branca, ou, um brinco grande valia mais pontos do que um brinco pequeno. Um determinado número de pontos não deveria ser ultrapassado em hipótese alguma, o que significava que a produção estava em perfeita harmonia.

Detalhes que devíamos saber, e foi assim, contando pontos, que aprendi a me vestir! Ou pelo menos tentei...


* Sociedade Civil pela Integração Literária e Artística (SOCILA) foi a 1ª escola para modelos no Brasil, fundada em 1954 e era localizada no Rio de Janeiro. Administrada pelas sócias Maria Augusta Nielsen e Ligia Carrato, juntas era chamada de “fabricantes de estrelas” e dedicavam-se a ensinar etiquetas. 

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

“Less is More” na arte de receber



Receber amigos em casa é um grande prazer na minha vida, é um afago à alma do bem viver. É dividir com estes queridos um pouco do meu lar, da minha gastronomia (gosto de cozinhar para meus convidados), dos meus segredinhos de boa anfitriã...risos.
 
 
Gosto da elegância da simplicidade para receber. Acredito que ser chic mesmo é ter charme nos pequenos detalhes, transformando pequenos momentos em lembranças inesquecíveis com muito estilo e personalidade.
Sempre que estou preparando e planejando para receber meus convidados lembro do grandioso arquiteto Alemão Mies van der Rohe que tem uma das frases mais conhecidas do mundo: “Less is More”.
Sim, menos é mais no receber, no bem viver, na sua casa ou na vida! Com simplicidade, há como ser sofisticada sem ser esnobe, sem querer mostrar o que não é. A sua autenticidade deixará seu convidado interagir espontaneamente e a vontade para ser um belo encontro. O bem estar de seu convidado é mais importante do que qualquer talher sofisticado ou um copo errado.

 
Prepare para receber seus amigos! Cuide dos detalhes, vista sua casa com flores, use uma roupa linda, para que seja percebido o carinho que você teve ao preparar para tal ocasião. Uma boa música ambiente contribui para integração dos convidados e, não esquecendo que o cardápio, mesmo que não seja preparado por você, deverá ser impecável e delicioso!
 Tânia Franco